Nutrição Integrativa

com Taisi Duarte

Refluxo e alergia alimentar: entenda a relação!

Refluxo, pirose e queimação pode ser uma resposta alérgica.

Quando temos alergia a algum alimento, nosso corpo produz histamina. E exatamente no estômago temos células específicas que produzem histamina afim de estimular a produção do ácido gástrico no momento da digestão. Daí entra a relação de refluxo e alergia.

Em um processo saudável, nosso corpo produz histamina o suficiente para estimular o ácido e sem gerar consequências patológicas.

Porém, quando temos alergia, essa histamina estimula três vezes mais do que o normal.

E ainda, essa histamina exacerbada, conhecida como reação histamínica, gera outros sintomas como vermelhidão na pele, principalmente ao redor do umbigo, coceiras e sintomas gástrico intestinais.

Mais comum é alergia a proteínas

Geralmente essa alergia alimentar que causa o refluxo, é alergia a proteínas. Tais como alergia do leite de vaca, crustáceos, leguminosas, ovo, trigo, soja e ainda pode ser do amendoim.

Sintomas como urticária, dermatite atópica, rubor e dermatite de contato já são conhecidos como sintomas de uma provável alergia alimentar. Porém é preciso investigar também, o refluxo.

O fato de tratar refluxo, fazer estratégias alimentares como evitar muito líquido, fracionar a alimentação e evitar alimentos que queimam no estômago, podem resolver a curto prazo. Mas é válido observar a recorrência do refluxo, e a sensação de queimação com frequência.

Pois pode ser apenas um episódio por estresse ou qualquer outro gatilho emocional. Mas em casos de crises repetidas e o não alívio dos sintomas, é preciso observar outros sintomas concomitantes, como as dermatites.

O importante é conhecer a si mesmo

E o autoconhecimento neste caso é imprescindível, para poder perceber qual alimento que traz mais desconforto. Caso seja necessário faça exclusão dos alimentos citados acima como os mais alergênicos e faça testes com um de cada vez, afim de analisar os sintomas.

O importante é entender que cada sintoma tem uma causa. As alergias alimentares estão cada vez mais frequente, e não sabemos ainda o porquê. Estudos mostram que as alergias aumentam devido a mudança de padrão alimentar industrializado (o que nos torna mais vulneráveis), outros dizem ser culpa dos agrotóxicos, outros pelo estresse, outros por alterações genéticas, e claro pelo estilo de vida cada vez mais sedentário.

Em suma, fica a orientação de se autoconhecer. Pois, um único episódio de refluxo ou até mesmo em um espaço curto de tempo (em uma fase de muito estresse) é até compreensível. Porém a recorrência e a dificuldade no tratamento eficaz, vale a busca por alergia alimentar. Uma vez que esta faz o estômago produzir muita histamina e estimula ácido gástrico além do normal. Investigue a relação de refluxo e alergia.

Busque mudar o estilo de vida, e retirar os alimentos mais alergênicos afim de perceber melhora nos sintomas. Claro que pode ser certificado alergias através de exames específicos, e para isso, converse com seu médico ou nutricionista.

Leia mais sobre:



Este conteúdo foi útil? Então compartilhe.

Este blog utiliza cookies para garantir uma melhor experiência. Se você continuar assumiremos que você está satisfeito com ele.