Nutrição Integrativa

com Taisi Duarte

Para que serve o selênio: múltiplos benefícios.

O selênio é um mineral essencial para o bom funcionamento do nosso corpo. Vejamos para que serve o selênio, presente em alimentos e suplementos, ele desempenha um papel vital na manutenção da saúde e prevenção de doenças.

Em primeiro lugar, vamos falar sobre os benefícios do selênio. Este mineral possui poderosas propriedades antioxidantes, o que significa que ele ajuda a proteger as células do organismo contra os danos causados pelos radicais livres, substâncias instáveis que podem levar ao envelhecimento precoce e ao desenvolvimento de doenças crônicas, como câncer e doenças cardiovasculares. Sua função antioxidante é potencializada em conjunto com a vitamina E, vitamina A, e vitamina C.

Sua relação com a tireoide

Além disso, o selênio desempenha um papel importante na regulação do sistema imunológico, ajudando a fortalecer as defesas do organismo e a combater infecções. Ainda atua na integridade das células, e tem uma ação importantíssima nos hormônios da tireoide.

Pois o selênio atua na conversão de t4 em t3, o que faz o hormônio tireoidiano ativo, e mantém a saúde da glândula tireoide. Isto porque as enzimas deiodinases que fazem essas conversões de hormônios é totalmente dependente de selênio.

A tireoide é uma glândula localizada na região do pescoço e é responsável pela produção dos hormônios tireoidianos, que desempenham um papel crucial na regulação do metabolismo e no crescimento celular. E o selênio também está envolvido na proteção da glândula tireoide contra danos oxidativos, garantindo seu funcionamento adequado. Portanto, o selênio desempenha um papel essencial para manter a saúde e o bom funcionamento da tireoide.

Deficiência de selênio

A deficiência de selênio pode causar alterações cardíacas, unhas e cabelos fracos, metabolismo prejudicado, sofrimento hepático e principalmente alteração do funcionamento da glândula tireoide, pode comprometer a produção e a regulação dos hormônios tireoidianos, levando a distúrbios da tireoide, como hipotireoidismo.

Alimentos fonte

Uma das formas mais eficazes de obter selênio é por meio da alimentação. Existem várias fontes de alimentos ricos nesse mineral.

As castanhas do Brasil, também conhecidas como castanhas-do-pará, são uma excelente fonte de selênio, é a principal fonte no nosso país, hoje. O consumo de duas castanhas por dia, é o suficiente para ter a quantidade ideal de selênio. Pois 1 unidade média de 4g tem 135 microgramas de selênio. É preciso ter cuidado com a toxicidade, no caso de pessoas que tem costume de comer punhados dela por dia, pois 14g de castanhas por dia já pode trazer selenose (toxicidade por selênio).

Além delas, outros alimentos como peixes, frutos do mar, carnes, ovos, vegetais, feijões, leite e grãos também são boas opções para incorporar selênio à dieta. É importante ressaltar que a quantidade de selênio presente nos alimentos pode variar de acordo com o solo em que são cultivados, portanto, a concentração de selênio pode ser diferente em diferentes regiões geográficas.

Dose e toxicidade

Em relação à dose recomendada de selênio, a ingestão diária varia de acordo com a faixa etária. Para adultos saudáveis, a quantidade recomendada é de aproximadamente 55 microgramas por dia. No entanto, é sempre importante consultar um profissional de saúde antes de iniciar qualquer suplementação, pois a quantidade necessária pode variar dependendo das necessidades individuais e de condições de saúde específicas.

Embora o selênio seja um nutriente essencial, é importante destacar que a toxicidade pode ocorrer quando consumido em excesso. A dose máxima tolerável de selênio para adultos é de 400 microgramas por dia. O consumo excessivo de selênio pode levar a problemas de saúde, como perda de cabelo, unhas quebradiças, problemas gastrointestinais e até mesmo, danos neurológicos. Portanto, é fundamental respeitar as doses recomendadas e evitar a automedicação com suplementos de selênio sem orientação profissional.

Conclusão

Em suma, o selênio desempenha um papel crucial na promoção da saúde e prevenção de doenças. Suas propriedades antioxidantes e seu papel na regulação do sistema imunológico tornam esse mineral essencial para o organismo. Por meio de uma alimentação equilibrada, é possível obter a quantidade necessária de selênio, aproveitando os benefícios que ele oferece. E principalmente a relação dele com a glândula tireoide, para manter a boa saúde tireoidiana.

No entanto, é fundamental ter cuidado para evitar a toxicidade, respeitando as doses recomendadas e buscando orientação profissional quando necessário. Ao incluir o selênio em sua dieta de forma adequada, você estará dando um verdadeiro impulso à sua saúde.

Leia mais sobre:



Este conteúdo foi útil? Então compartilhe.

Este blog utiliza cookies para garantir uma melhor experiência. Se você continuar assumiremos que você está satisfeito com ele.