Nutrição Integrativa

com Taisi Duarte

5 suplementos para aumentar resistência esportiva.

Quando se trata de melhorar o desempenho esportivo, os suplementos para resistência desempenham um papel crucial. Entre uma ampla variedade de opções disponíveis, existem cinco suplementos que se destacam por sua eficácia comprovada: whey protein, creatina, cafeína, beta alanina e Coenzima Q10.

1. Whey protein

O whey protein é um dos suplementos mais populares entre os atletas. Ele é uma fonte rica em proteínas de alta qualidade, que fornece os aminoácidos essenciais para a recuperação muscular e síntese proteica. Consumir whey protein promove a reparação e o crescimento muscular, ajudando na hipertrofia. Além disso, ele é rapidamente absorvido pelo organismo, garantindo uma entrega eficiente de nutrientes aos músculos.

O fornecimento adequado de proteínas é o principal responsável em garantir a qualidade muscular. Os músculos saudáveis (com quantidade e força suficiente) promovem saúde metabólica de forma geral.

O whey protein facilita o consumo de proteínas, pela fácil absorção e praticidade ao longo do dia. Mas não é só para quem deseja a hipertrofia, pois os praticadores de endurance também precisam de uma boa massa muscular estruturada para aguentar impactos como na corrida, e força para pedalar.

Independente do tipo de exercício físico, a massa muscular é a grande responsável em promover bons resultados, pois é a que da estrutura para o corpo e fortalecimento de articulações.

2. Creatina

A creatina é produzida naturalmente pelo corpo e também pode ser obtida através da alimentação, principalmente por meio de carne vermelha e peixes. No entanto, a suplementação de creatina é benéfica para aumentar a quantidade disponível nos músculos, proporcionando um aumento na energia disponível durante os exercícios de alta intensidade. Pois não alcançamos a quantidade suficiente somente através da alimentação. O principal papel é ter combustível para gerar energia rápida e isso resulta em um desempenho melhorado, especialmente em atividades explosivas, como levantamento de peso e sprints.

Porém ajuda muito nos exercícios de longa duração, naqueles momentos em que precisa ter energia para uma ultrapassagem, um tiro espontâneo, uma guinada na subida. Pois no momento que precisar acelerar demasiadamente, o consumo de energia é crucial para fazer diferença no desempate e em melhores resultados.

Além disso, a creatina mantêm as células mais hidratadas, e com isso previne lesões.

3. Cafeína

A cafeína é um estimulante amplamente utilizado para melhorar o desempenho esportivo. Ela ajuda a aumentar a resistência, reduzir a fadiga e melhorar o foco mental. A cafeína estimula o sistema nervoso central, aumentando os níveis de alerta e a capacidade de concentração. Além disso, ela também pode melhorar a utilização de gordura como fonte de energia, poupando glicogênio muscular para atividades de alta intensidade.

A suplementação tem que ser feita com cautela e com acompanhamento, pois muitas pessoas têm o metabolismo lento de cafeína, o que pode prejudicar em algum aspecto.

Mas a cafeína tem excelentes resultados na resistência, quando bem administrada e acompanhamento nutricional.

4. Beta-alanina

A beta-alanina atua como um tamponante, prevenindo acidez metabólica. Com isso torna o metabolismo apropriado para ter energia por mais tempo, aumenta o desempenho e resistência.

5. Coenzima Q10

Por fim, a Coenzima Q10 é um nutriente essencial envolvido na produção de energia celular. Ela desempenha um papel fundamental no metabolismo aeróbico, fornecendo energia para os músculos durante exercícios de longa duração. A suplementação com Q10 pode melhorar a capacidade de resistência, retardar a fadiga e acelerar a recuperação pós-exercício.

Na verdade, a coenzima Q10 melhora a disposição em geral, beneficiando os sedentários, desportistas, idosos, e principalmente quem reclama de cansaço frequentemente. Isso porque ela não atua somente em uma resposta de exercícios, mas na geração de energia mínima que o corpo precise para sobreviver.

Ainda tem mais

Fora estes suplementos para resistência que são essenciais, é importante ter uma nutrição adequada com o consumo de carboidrato e proteínas suficientes, e ter um aporte de vitaminas que promovam imunidade e metabolismo saudável. Vitamina D, complexo B, ômega 3, magnésio e suplementos para garantir saúde intestinal, são coadjuvantes que fazem a diferença tanto na resistência, quanto no fortalecimento e desempenho.

Lembre-se também de que os suplementos não são uma solução mágica. Eles são apenas uma parte do quadro geral quando se trata de melhorar o desempenho esportivo. É essencial adotar uma abordagem holística, incluindo uma dieta equilibrada, treinamento adequado, descanso adequado e cuidado com a hidratação.

Cada um destes mencionados acima, são de orientação profissional e de forma individualizada, portanto cuidado com a auto suplementação.

Conclusão

Em suma, os suplementos para resistência mencionados – whey protein, creatina, cafeína, beta alanina e Coenzima Q10 – podem ser ferramentas valiosas para melhorar o desempenho esportivo. Eles oferecem benefícios como recuperação muscular, aumento de energia, resistência aprimorada e redução da fadiga. No entanto, é essencial usar esses suplementos com responsabilidade, sempre sob a orientação de um profissional de saúde. Ao adotar uma abordagem equilibrada e consistente, você pode potencializar seus resultados esportivos e alcançar seus objetivos de maneira segura e eficaz.

Leia mais sobre:



Este conteúdo foi útil? Então compartilhe.

Este blog utiliza cookies para garantir uma melhor experiência. Se você continuar assumiremos que você está satisfeito com ele.