Nutrição Integrativa

com Taisi Duarte

Por dentro da nutrição integrativa: entenda o que é.

Antes de conhecer a nutrição integrativa, vemos que a nutrição de base é uma ciência que estuda os alimentos e como eles se relacionam com o corpo: como um determinado alimento é digerido, absorvido, excretado, metabolizado e quais os benefícios que são gerados. Claro que também tem o estudo fino, abrangendo dosagens de nutrientes que podem ser tóxicas ou necessárias para cada tipo de estado de saúde ou doença.

Acontece que a nutrição vai além de contagem de nutrientes, contagem de calorias e estratégias para emagrecimento. A maioria das pessoas procuram o profissional nutricionista quando precisam emagrecer, ou quando atingem um grau de doença crônica, como diabetes ou hipertensão arterial.

Na integrativa

A nutrição integrativa é um seguimento que usa todo o poder da nutrição para mudar o estilo de vida, com olhar integrativo para todos os âmbitos de saúde, com olhar para o conjunto dos pilares de saúde. Portanto vai além de estudar apenas uma doença e o que se faz para melhorar sintomas.

Exemplo? Vejamos um indivíduo que está pré-diabético e procura um nutricionista para ajuste da dieta. O tradicional vai orientar a não comer açúcares, ajustar fibras, orientar o aporte calórico e boa sorte. Mas na nutrição integrativa, é preciso avaliar o porquê chegou neste estado, quais fatores da vida que levaram a isso, como:

estresse? noites de sono mal dormidas? falta de exercícios? genética? consequência secundária de outro fator doença? E assim traçar uma linha de tratamento, como modulação do estresse, melhora do sono, fornecimento de energia para prática de exercícios, modulação de genes e melhora de aporte nutricional afim de evitar outras doenças concomitantes. E tudo isso através da alimentação de verdade.

Cada vez mais é preciso procurar profissionais que tenham esse olhar integrativo e que pensam fora da caixa, porque não somos máquinas e somos extremamente individualizados. Cada um com sua particularidade que precisa ser analisada e respeitada. O protocolo não funciona quando se trata de tanta diversidade.

Leia mais sobre:



Este conteúdo foi útil? Então compartilhe.

Este blog utiliza cookies para garantir uma melhor experiência. Se você continuar assumiremos que você está satisfeito com ele.