Nutrição Integrativa

com Taisi Duarte

Manteiga ou margarina: qual é a melhor?

Quando se trata de escolher entre margarina ou manteiga, as diferenças nutricionais desempenham um papel crucial na determinação de qual opção é a mais adequada para o consumo. Ambas têm características distintas que podem afetar a saúde e o bem-estar, e compreender suas composições é essencial para tomar uma decisão correta.

Manteiga

A manteiga é um produto lácteo tradicional, feito a partir do creme de leite batido até que a gordura se separe do soro. Aprecia-se a manteiga por seu sabor rico e característico, que muitas vezes adiciona uma dimensão extra às preparações culinárias. Porém, a manteiga é rica em gorduras saturadas.

As gorduras saturadas, quando consumidas em excesso, podem aumentar os níveis de colesterol LDL (colesterol ruim) no sangue, o que pode aumentar o risco de doenças cardiovasculares. Portanto, recomenda-se consumir manteiga com moderação e dentro do contexto de uma dieta equilibrada.

Margarina

Por outro lado, a margarina é à base de óleos vegetais, como soja, girassol ou canola, que passa por um processo de hidrogenação para obter uma consistência semelhante à manteiga. A margarina moderna é frequentemente formulada com foco em reduzir as gorduras saturadas e eliminar as gorduras trans. Essas gorduras trans, formadas durante o processo de hidrogenação, são particularmente prejudiciais à saúde cardiovascular e por isso deve evitá-las.

A composição da margarina varia dependendo da marca e do tipo. Geralmente, ela contém cerca de 80% de gordura vegetal, juntamente com água e possíveis aditivos, como emulsificantes, aromas e corantes.

Aqui está uma lista de ingredientes típicos que encontram-se em um rótulo de margarina:

  1. Óleos vegetais (por exemplo, óleo de soja, óleo de girassol, óleo de canola)
  2. Emulsificantes (como lecitina de soja)
  3. Sal
  4. Saborizantes
  5. Conservantes (como sorbato de potássio)
  6. Acidulante (como ácido cítrico)
  7. Corantes
  8. Estabilizantes
  9. Reguladores de acidez
  10. Antioxidantes (por exemplo, palmitato de ascorbilo)

Por outro lado, a manteiga tem apenas creme de leite e sal, algumas podem conter corante natural de urucum. E apesar de ser rica em gorduras saturadas, também contém vitaminas lipossolúveis, como a vitamina A, E, K e D, além de antioxidantes naturais. Além disso, a manteiga é apreciada por seu sabor e textura distintos, o que pode ser um fator importante ao preparar certos pratos. No entanto, é essencial consumi-la com moderação, especialmente para aqueles que têm preocupações com a saúde cardiovascular.

O consumo deve ser moderado

Ambos os produtos é preciso consumir com moderação, seja pelo fato da manteiga ser gordura saturada, ou pelo fato da margarina ser composta por gordura hidrogenada e muitos aditivos.

O importante é entender que a diferença entre elas é bastante significativa, enquanto a manteiga é um produto de origem animal, de gordura saturada e apenas dois ingredientes, a margarina é produzida na indústria através de gorduras hidrogenadas, e com uma lista enorme de aditivos.

Ao escolher entre margarina e manteiga, é fundamental ler atentamente os rótulos dos produtos.

Então partindo do ponto que o consumo de gorduras deve ser com moderação, vamos priorizar o alimento mais natural possível: a manteiga. Pois a recomendação é sempre evitar os industrializados, pois os aditivos alimentares fazem em grande parte, um estrago na flora intestinal, detox hepático e inflamação do corpo. Opte por manteigas produzidas a partir de leite fresco e não contenham aditivos ou conservantes desnecessários.

Se for o caso de consumir margarina, procure por margarinas que contenham óleos vegetais não hidrogenados e evite aquelas que apresentam gorduras trans adicionadas, pois essas gorduras são conhecidas por serem particularmente prejudiciais à saúde. E claro, as que tiverem menos aditivos.

Conclusão

Em suma, não podemos abusar do consumo de manteiga, pelo fato de ser mais pura que a margarina, porque ela é uma gordura saturada (a gordura sólida e prejudicial). Não podemos se apegar por ser fonte de vitaminas lipossolúveis como A, D, E e K, porque temos outros alimentos fontes dessas vitaminas. A margarina é um alimento industrializado, rica em aditivos alimentares que geralmente é prejudicial à nossa saúde, e a base de gordura hidrogenada, que por sua vez também é maléfica.

Então, prefira manteiga, porém reduza o consumo. Opte por uma alimentação mais saudável, natural e equilibrada.

Leia mais sobre:



Este conteúdo foi útil? Então compartilhe.

Este blog utiliza cookies para garantir uma melhor experiência. Se você continuar assumiremos que você está satisfeito com ele.